Construindo produtos utilizando técnicas de UX

Muitas pessoas me perguntam qual seria o processo ideal para se trabalhar com UX (do inglês “User eXperience” – Experiência do usuário), por este motivo vou mostrar neste artigo como consegui me organizar ao longo dos anos para realizar o trabalho de UX.

De início vale afirmar que UX não é um processo definido, não é uma ferramenta, não é uma metodologia, mas sim um conjunto de disciplinas que, quando alinhadas, constroem juntas uma boa experiência para o usuário final, conforme vemos na imagem abaixo:

ux_disciplinas

A área de UX coloca à disposição um conjunto de técnicas que nos ajudam a descobrir os problemas e necessidades e assim caminharmos para desenvolver a melhor experiência para estes usuários. Para conhecer com mais detalhes sobre o que é UX, você pode acessar o artigo: “UX no processo de desenvolvimento de Software”.

O que pretendo mostrar aqui é como eu organizei as técnicas de UX em etapas, ou seja, até então afirmamos que UX não é um processo definido, mas depois que criei este processo ficou bem mais fácil das pessoas entenderem como nossa área atua e quais momentos devemos trabalhar na construção de produtos. É incrível como a mente humana entende melhor quando organizamos o trabalho em um processo, tornando-se mais acessível para aceitar algo. O “Design Thinking” fez tanto sucesso porque organizou o que deveria ser feito em um processo.

O processo que desenvolvi para o trabalho de UX foi inspirado nas melhores práticas que existem hoje no mercado como o próprio Design Thinking, Lean UX e Agile UX. Com alguns anos utilizando todas as práticas citadas, experimentei quais partes davam maior resultado e utilizei a melhor parte de todas elas.

Processo de construção de produto com técnicas de UX

processoUX

Pesquisa Para compreender melhor o comportamento humano e a partir de tal compreensão criar uma experiência do usuário excepcional, a pesquisa é um elemento essencial. Acredito que esta etapa é uma das mais importantes, pois definirá a estratégia do produto que será construído.

Técnicas de UX que podem ser aplicadas nesta fase:

  • Pesquisa quantitativa
  • Entrevistas e Grupo de foco com usuários.
  • Pesquisa Etnográfica
  • Análise da concorrência

Estratégia Etapa de análise e organização das informações coletadas para obter padrões que auxiliem na compreensão do problema e nos ajudem a criar boas estratégias para o software.

Definimos três pontos fundamentais da estratégia: 1. Visão de onde queremos chegar; 2. Missão para chegarmos até onde queremos, e; 3. Métricas para saber se estamos no caminho certo.

Técnicas de UX que podem ser aplicadas nesta fase:

  • Mapa de empatia
  • Jornada do usuário
  • Definição de perfis e Personas
  • Definição da Estratégia
  • KPI (métricas quantitativas e qualitativas)

Ideação

Nessa fase o objetivo é a geração de ideias inovadoras para o tema do projeto. Reunimos um grupo multidisciplinar para obtermos diversos pontos de vista para definição das melhores idéias para solução final.

Técnicas de UX que podem ser aplicadas nesta fase:

  • Definição do escopo e estrutura
  • Brainstormings
  • Arquitetura da Informação – Card Sorting

Construção

Nesta etapa construímos protótipos testáveis, de baixa ou alta fidelidade, que são utilizados tanto para amadurecer ideias quanto mitigar riscos de negócio. O quanto antes termos os protótipos contruídos, mais rápido obteremos feedbacks. Podem ser começados com a prototipação em papel, um jeito super rápido de validar as idéias.

Técnicas de UX que podem ser aplicadas nesta fase:

  • Design de interação
  • Wireframe (Protótipo de baixa fidelidade com a definição da interação)
  • Análise heurística
  • User Interface (Cores, imagens, ícones e fontes)
  • Protótipo de alta fidelidade com aplicação da Identidade visual e heurísticas.

Validação

Validação dos protótipos com pessoas da área de negócio e usuários finais. Nesta etapa, coletamos feedbacks e podemos voltar para etapa de ideação, refazer os protótipos e então validarmos mais uma vez, quanto mais coletarmos feedbacks mais aderente será a solução na resolução do problema.

Técnicas de UX que podem ser aplicadas nesta fase:

  • Testes de usabilidade com usuários.
  • Teste A/B
  • Validação dos protótipos
  • Eye tracking
  • Grupo de foco

Este processo não é fechado, geralmente aplico várias técnicas para cada etapa e não apenas uma. Você pode escolher entre as técnicas listadas acima quais seriam mais efetivas para seu projeto. Para saber mais sobre técnicas de UX, neste artigo cita algumas: “O que o profissional de UX faz?”.

Minha sugestão é seguir esta sequência, pois muitas vezes queremos ir logo para parte da ideação – aparentemente a mais divertida do processo – sem ao menos entender o problema ou definir onde queremos chegar com tudo isso.

O importante no final é você construir um produto consistente, mediante ao bom entendimento, e que atenda às necessidades dos usuários. Em resumo: que tenha uma ótima performance e seja simples e legal de usar.

Ana Veneziani

Escrito por: Ana Veneziani

Conheça nossos cursos em alta